ADE-PR: Associação de Divulgadores do Espiritismo do Paraná

Especial

Marca de nascença no menino Ian é evidência a favor da reencarnação. Assista o vídeo clicando aqui.

Série André Luiz

O texto a seguir é uma síntese muito breve da obra, para obter um resumo mais detalhado clique aqui.

Os mensageiros

“Tudo vem a seu tempo, tanto no bem quanto no mal; primeiro a semente, depois os frutos”

O Instrutor Aniceto proporciona a Vicente(ex-médico) e André Luiz (AL) uma semana de experiência e serviço na Crosta Terrestre. / No Centro de Mensageiros do Ministério da Comunicação, de Nosso Lar (NL): o caso Vicente (vítima do irmão). / Instruções de Telésforo. / A queda de Otávio (deveria permanecer solteiro, cuidar de 6 órfãos, exercitar a mediunidade caridosa; ”mas, entreguei-me aos meus desejos, e não aos de Deus”). / O desastre de Acelino (médium falido, ”consultor” de famílias ricas). / Joel(recordação de vidas passadas, posta a serviço da curiosidade doentia e da vaidade). / Belarmino (doutrinador fracassado -- vaidade, dinheiro). / Monteiro (doutrinador orgulhoso -- Espiritismo sem Jesus: fracasso!). / Viagem nas sombras até um Posto de Socorro de Campo da Paz (abismos; AL e Vicente ganham luz própria): soberbo castelo; Ismália e Alfredo, o administrador, vítimas da calúnia. / As criações artísticas. Socorro aos mortos da guerra. Espíritos dementados. Os que dormem. Sopro curador. Vida social. O desculpismo. Casamentos de almas. / A caminho da Crosta. Veículo alado. A pé. Monstros. Na praia. Desencarnados na rua. / No Rio, em oficina de NL; Isidoro abre-lhes a porta: a casa tem proteções vibratórias; sua viúva, Isabel, tem vidência psíquica e 5 filhinhos. Culto doméstico. / Rumo ao campo. Nuvens de bactérias nas ruas. Perigos a que está submetido o homem comum. / O medo da morte e seus efeitos. A morte de Fernando, sem preparo. A oração de Aniceto.

A natureza não se perturba para satisfazer a pontos de vista das criaturas. / Pode a enxada ser excelente, mas se falta espírito de serviço ao cultivador, o ganho da enxada será a ferrugem; assim acontece com as faculdades psíquicas e com os grandes conhecimentos. / Não há tormentos eternos, porém infernos criados para si mesmos por homens infernais. / A descoberta da felicidade de servir. / A ignorância é a mãe das misérias, das fraquezas, dos crimes. / Ninguém espere subir espiritualmente sem esforço, suor e lágrimas. / Atos são mais contagiosos que palavras. / Para bem ensinar, é necessário exemplificar melhor. / Conhecer o bem, esquecendo de praticá-lo... / O Evangelho é livro divino, não expõe seus segredos à cegueira da vaidade e da ignorância. / Como ensinar sem exemplo, sem amor? / “Aqui, a oração é compromisso com Deus: de testemunho, esforço e dedicação.” / Há mundos sutis dentro dos mundos grosseiros, esferas que se interpenetram. / A prece é uma luz mais intensa nos corações, nela há produção de elementos-força. A fé é ginástica do espírito, quem não a exercitar perderá o movimento. / Há uma ciência de começar. / Conter o verbo destruidor. / Não há prece sem resposta. / Sentimento elevado e não sentimentalismo. / É indispensável aprender a servir e passar. / É mais fácil remediar o que geme, que atender o revoltado. / Tudo de bom deve aguardar do destino quem saiba servir ao bem e trabalhar com esperança. / O lar que cultiva a prece transforma-se em fortaleza. O homem que ora traz couraça protetora. / O “orai e vigiai” tem profunda importância em qualquer situação. / Há necessidade de fé religiosa. / Na reencarnação, sem a obliteração da memória, não se renovariam as oportunidades. / Quem aceita um compromisso não vive sem contas. / O campo é reservatório de princípios vitais. / O reino vegetal possui colaboradores numerosos. / É necessário vencer a concha do individualismo. / Ninguém desrespeita a natureza sem doloroso choque de retorno. / “Nunca deixes de auxiliar os que sofrem; com os enfermos, lembra-te que o melhor remédio é a renovação da esperança. Anima, eleva, educa, desperta, sem ferir os que ainda dormem.” / Boa concentração exige vida reta. / É indispensável educação religiosa, íntima e profunda.

Veja também:

ADE-PR © 2019 / Desenvolvido por Leandro Corso