ADE-PR: Associação de Divulgadores do Espiritismo do Paraná

Especial

Marca de nascença no menino Ian é evidência a favor da reencarnação. Assista o vídeo clicando aqui.

Série André Luiz

O texto a seguir é uma síntese muito breve da obra, para obter um resumo mais detalhado clique aqui.

Sexo e destino

“Quem estiver sem pecado, atire a primeira pedra”

Pedro Neves, servidor do Ministério do Auxílio, em Nosso Lar, relata a André Luiz (AL) o drama de seus familiares, que vivem no Rio de Janeiro: Beatriz, doente grave, o genro Nemésio e o neto Gilberto. / AL conhece Marina, 20, enfermeira improvisada de Beatriz, contadora da firma de Nemésio, amante dele e apaixonada por Gilberto! Pedro diz que encontrou Nemésio e Marina numa boate, e o agrediu com um soco. / Félix, dirigente de casa socorrista em Nosso Lar, nobre Instrutor, em visita à enferma, restabelece o equilíbrio do revoltado Pedro. / Anamnese de Nemésio revela-o doente. / No Flamengo, no apartamento de Cláudio e Márcia, pais de Marina e Marita (adotiva): Cláudio é vítima “contente” do vampirismo (enxertia fluídica — dipsômanos desencarnados: 2 goles para 3!). / Beatriz tem o hábito da oração, que imuniza. / Marita e seu drama: filha da suicida Aracélia, é maltratada por Márcia e Marina, e também ama Gilberto!... AL consulta a mente de Marita; é como um diálogo. / Cláudio e seu obsessor atacam Marita, que é salva pela chegada de Márcia. / Incorporação medianímica. / Marita invoca Aracélia e em espírito vê Marina nos braços de Gilberto; sua paixão torna-se psicose. / “Cláudio e Márcia optaram pelo dinheiro e o sexo desordenado na vida.” / Obsessor e obsidiado, em simbiose, trocam impressões de cérebro a cérebro. / AL adensa-se para dialogar com o obsessor Moreira, mas é repelido. / Bilhete de Gilberto é usado por Cláudio para passar-se por ele e possuir Marita, que, ao descobrir a troca, tenta o suicídio e acaba atropelada. Félix e AL socorrem Marita. Félix implora alguns dias de vida para ela: “Não permitas, Deus de Amor, que ela morra sem preparação. Que ela possa meditar!” / A colaboração do velho Salomão e de Agostinho. / Cláudio fica sabendo que Marita é sua filha carnal; desespera-se. Ele e Moreira arrependem-se. / Cláudio lê o Evangelho e converte-se. / Moreira fornece energias a Marita. / Marina é obsidiada por um bando. / Libertação de Beatriz. / Frieza de Márcia. / Marita perdoa Cláudio antes de falecer: sua mão se mexe ao influxo de Félix. / Cláudio aceita humilhações. Nemésio persegue Cláudio e Gilberto. / No Instituto Almas Irmãs, de reeducação sexual, Belino leva AL a ver o hospital-escola, cursos etc. Félix, o diretor, diz que Damiana o recebera ali há 80 anos... / Juizes, no Almas Irmãs. / Marina casa-se com Gilberto; são perseguidos por Nemésio, que mata Cláudio. / Félix surpreende a todos: revela-se responsável, em vida anterior, pela dureza de Márcia, e muito mais... / Programam-se reencarnações de Marita e Félix: tornam-se belos filhos de Marina. / Aproximação benéfica do neto “Félix” com a avó Márcia. / O destino dos demais personagens da história.

O berço inicia, o túmulo desdobra, anverso e reverso da experiência; com raras exceções, só a reencarnação nos transfigura de modo fundamental. / “O ‘homem velho’ e o ‘homem renovado’, que aspiro a ser, se digladiam dentro de mim. É preciso espremer o sangue do coração para confirmar o que ensinamos com a cabeça!” / É necessário saber consagrar-se às construções espirituais, que requerem disciplina. / “Sempre surge o dia de provar o que somos naquilo que ensinamos...” / Não nos cabe condenar alguém por faltas em que talvez possamos incidir. / Compreendamos para sermos compreendidos! / Todos somos livres para sugerir ou assimilar. Chamamentos há, em qualquer lugar. Convivência com um mestre ou um malfeitor é escolha nossa. / A responsabilidade tem o tamanho do conhecimento. / “Ninguém ali se interessava pelo cultivo da oração ou do estudo, ninguém se inclinava para o serviço ao próximo.” / Não conversar à margem do serviço. / “Homens, reduzi as quedas de consciência! Disciplinai-vos em respeito aos guardiões invisíveis que vos estendem as mãos...!” / Afastai do pensamento a idéia de acelerar a morte dos que sofrem em agonia! / Abusos sexuais geram ônus cármico. / Não há masculinidade ou feminilidade puras, totais. / Qualquer dia é dia de criar ou reconstituir destino. / Por vezes é melhor adiar a verdade para momento oportuno. / Cala-te por amor ao bem! / Valor é o que tem utilidade para o bem comum. / A vida é um tapete de que os encarnados só conhecem o avesso.

Veja também:

ADE-PR © 2019 / Desenvolvido por Leandro Corso