ADE-PR: Associação de Divulgadores do Espiritismo do Paraná

Especial

Marca de nascença no menino Ian é evidência a favor da reencarnação. Assista o vídeo clicando aqui.

Jornal Comunica Ação Espírita | 80ª edição | 07 de 2010.

Encontros do NEU-Fies discutiram o amor e a obsessão

  • Celso carneiro - palestrante da ADE-PR Celso carneiro - palestrante da ADE-PR

O “amor” foi tema do segundo encontro deste ano do Núcleo Espírita Universitário (NEU) das Faculdades Integradas “Espírita”, realizado no dia 8 de maio. A palestra foi ministrada pelo promotor Celso Carneiro, membro da Associação de Divulgadores do Espiritismo do Paraná (ADE-PR) e do Centro Espírita Francisco de Assis.

Os eventos contaram com a presença de alunos, professores, funcionários e pessoas da comunidade. Destaque para a escritora Zélia Carneiro Baruffi, presidente da ADE-PR e dos membros da Fraternidade Ramatis, Marisa e Epaminondas Maltauro.

Na abertura do encontro do mês de maio, o professor José Maia, coordenador do NEU, falou sobre a importância da mensagem espírita ao alcance do meio acadêmico, “o que já vem sendo feito há quarenta anos através do primeiro NEU, em Campinas - SP, e dos outros que foram sendo montados”.

Após a palestra, foram respondidas perguntas dos participantes e, para finalizar em clima de confraternização, houve um coffee break. Mais informações sobre o NEU pelos e-mails neu@faculdadeespirita.com.br / josemaia957@hotmail.com ou pelo telefone (41) 8408-8828.

Já no dia 12 de junho, das 14:00 às 16:00 horas, no Auditório Léon Denis, o tema de estudo foi “Obsessão – Origem e Tratamento”, ministrado pelo engenheiro civil Robson Gabardo, membro do Centro Espírita Os Mensageiros da Paz, de Curitiba.

O expositor referiu-se ao tema como um dos mais preocupantes da atualidade e que ainda permanece pouco conhecido, sendo responsável por muitos dos distúrbios de conduta presentes na sociedade. Discorreu sobre suas causas, os tipos de obsessão, os tratamentos espíritas recomendados.

Quanto ao tratamento, foram mencionadas técnicas do pensamento positivo, ocupação saudável do tempo, busca de ideais nobres e elevados que contribuam para o autoencontro, aliadas aos estudos espíritas, indispensáveis à compreensão da realidade espiritual em que todos estamos mergulhados.

Em multimídia, a aula foi muito bem elaborada e conduzida, de forma didática e atraente, motivando depois a participação das pessoas, em forma de perguntas, questionamentos e depoimentos. Os participantes também puderam apreciar alguns livros especializados sobre o assunto, que foram expostos no auditório.

O que é o NEU-Fies

O objetivo do NEU é o estudo de problemas de diversas áreas, de cursos de graduação e pós-graduação, à luz da Doutrina Espírita. O espaço foi criado após uma pesquisa realizada com a comunidade universitária em que o interesse no grupo foi comprovado.

Segundo seu coordenador, José Maia, a ideia era uma preocupação do professor Octávio Melchíades Ulysséa, fundador e diretor-geral FIES, falecido em junho último. “Ele tencionava manter na instituição uma atividade eminentemente espírita que congregasse a comunidade acadêmica para o estudo, o debate e a pesquisa de temas relevantes para o indivíduo e a sociedade contemporânea”, diz.

Existem outros Núcleos Espíritas Universitários no Brasil, como os da Universidade Estadual de Londrina (UEL), da Universidade de Campinas (Unicamp), da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRS), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e muitos outros.

Receba em casa a versão impressa do jornal Comunica Ação Espírita

Assine agora mesmo

ADE-PR © 2019 / Desenvolvido por Leandro Corso