ADE-PR: Associação de Divulgadores do Espiritismo do Paraná

Especial

Marca de nascença no menino Ian é evidência a favor da reencarnação. Assista o vídeo clicando aqui.

Jornal Comunica Ação Espírita | 101ª edição | 01 de 2014.

“Quando eu era vivo” chega às telas em janeiro

     O filme, baseado no livro "A Arte de Produzir Efeito Sem Causa", do escritor Lourenço Mutarelli, acaba de lançar seu novo trailer, divulgado com  exclusividade pelo UOL. Dirigido por Marco Dutra, o suspense conta com Antonio Fagundes, Marat Descartes e a cantora Sandy no elenco. 

     Na trama, após o fim do casamento e a perda do emprego, Júnior (Descartes) retorna à casa do pai (Fagundes). Mas o lugar não é mais o lar de sua infância. Sua mãe já morreu e seu quarto agora é habitado pela jovem inquilina Bruna (Sandy). Todo esse ambiente lhe parece inóspito e opressor. 

     No quartinho dos fundos, ele encontra uma misteriosa mensagem deixada pela mãe, escrita atrás de uma partitura musical. A partir daí, acontecimentos sombrios começam a fazer parte do cotidiano da casa. O filme estreia em 31 de janeiro de 2014.

Receba em casa a versão impressa do jornal Comunica Ação Espírita

Assine agora mesmo

ADE-PR © 2019 / Desenvolvido por Leandro Corso