ADE-PR: Associação de Divulgadores do Espiritismo do Paraná

Especial

Marca de nascença no menino Ian é evidência a favor da reencarnação. Assista o vídeo clicando aqui.

Jornal Comunica Ação Espírita | 140ª edição | 07 de 2020.

Autorretrato

 

As principais chamadas de capa e respectivos resumos das notícias da edição nº 78, referente ao bimestre março-abril de 2010 deste Comunica Ação Espírita, foram: “Movimento Espírita Brasileiro comemora o centenário de nascimento de Chico Xavier”; “A telepatia das plantas e a aparição do Espírito de Dante Aligheri ao filho”, “As relações entre obsessão e loucura, segundo o Espiritismo”, “Gliquéria Yarentchuk recebe o prêmio Observatório Espírita” e “Desencarna o professor Y. Shimizu, um dos fundadores da ADE-PR”.

Então, vamos aos detalhes da edição. No Editorial, As figuras de Chico e Shimizu, não se buscou uma comparação, porém, “uma conexão emocionante entre as personalidades”, visto que parte da homenagem ao médium mineiro, estampada nas páginas centrais, foi justamente o último texto elaborado na vida física pelo companheiro da ADE-PR.

De um lado, um suprassumo da vida e obra... singelíssima homenagem àquele que nos legou exemplos superlativos de humildade, desprendimento, trabalho e amor ao próximo...; e de outro, no seu modo reservado deixou transparecer um intelectual, profissional perfeccionista, esposo dedicadíssimo, amigo discreto mas fidelíssimo e um verdadeiro espírita.

Foi na página 4, na extinta seção O que dizem os outros jornais, que apareceram as notas sobre Dante Aligheri e da constatação da telepatia nas plantas. Sobre o primeiro episódio, relatamos: (...) uma narrativa de Boccacio na qual o escritor italiano, baseado no testemunho do próprio advogado do autor de “A Divina Comédia”, afirma que Aligheri, depois de morto, fez uma aparição ao seu filho Jacob. Na ocasião teria indicado uma parede da casa onde habitara e nela uma esteira decorativa, atrás da qual, num nicho seriam encontrados os cantos recentes de sua obra. O filho e o advogado Pietro Giardine lá encontraram os 13 cantos do paraíso.

Na página seguinte registramos, então, a notícia da desencarnação do professor Y. Shimizu no dia 12 de março de 2010, aos 71 anos de idade. Paulista de nascimento e radicado há muitos anos no Paraná, lecionava e ocupava outros cargos administrativos na Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Foi um dos fundadores da Associação de Divulgadores do Espiritismo do Paraná, em 1995, e seu presidente durante uma gestão.

Como dito anteriormente, nas páginas centrais, publicamos uma sintética retrospectiva da vida e obra do médium Francisco Cândido Xavier, “O Mineiro do Século XX”, que desencarnou em 2002, aos 92 anos de idade. Na realidade, o texto foi a resultante da contribuição de Zélia Carneiro Baruffi e do professor Shimizu. Na primeira parte, a escritora e também professora aposentada, cuidou de resumir a vida do médium, enquanto, na segunda, a sua produção literária ficou sob responsabilidade de Shimizu.

Do professor Shimizu, diversamente do habitual, tivemos mais dois textos naquela edição. O primeiro, à página 3, numa série por ele denominada “Filosofia Espírita para comunicadores” e cujo título do artigo de então foi “Gnoseologia Espírita, item IV”. Já o segundo fez parte da seção “Subsídios para a melhoria da imprensa espírita”, já em seu item 58, e que tratou da “Redação do texto jornalístico”.

Na página 10 o assunto foi a elaboração da terceira versão do Planejamento Estratégico da ADE-PR com vigência para o quinquênio 2010-2014. Ao todo foram cinco macro-objetivos, 28 metas e 34 ações propostas. Revendo-as, uma a uma, chega-se à conclusão que, dos cinco objetivos definidos, e passado outro período de cinco anos – sem nova reavaliação do PE -, dois objetivos foram realizados totalmente e dois parcialmente.

Na página 11, na seção Divulgar com Eficiência, o tópico foi “Livraria Espírita”, parte I. E na última, dois destaques. Um, a entrega do prêmio “Observatório Espírita”, promovido pela ADE-Campinas, a Gliquéria Yarentchuk, por texto publicado neste jornal em janeiro-fevereiro de 2009. O segundo, uma matéria também deste jornal, publicada em setembro-outubro de 2008 e transcrita no “Anuário Espírita-2010”. O referido texto dizia respeito à “ADE-Japão e Grupo de Estudos de Ueda em nova sede”.

Receba em casa a versão impressa do jornal Comunica Ação Espírita

Assine agora mesmo

ADE-PR © 2020 / Desenvolvido por Leandro Corso