ADE-PR: Associação de Divulgadores do Espiritismo do Paraná

Especial

Marca de nascença no menino Ian é evidência a favor da reencarnação. Assista o vídeo clicando aqui.

Jornal Comunica Ação Espírita | 134ª edição | 07 de 2019.

Livros que eu recomendo

Por Wilson Czerski

Os animais na obra de Deus

Vamos falar hoje do livro “Os animais na obra de Deus”. Seu autor é Geziel Andrade, 272 páginas, publicação da editora EME, de Capivari-SP, e ano de 2016. Ao todo são 50 itens tratando sobre a evolução do princípio espiritual durante o estágio no reino animal e a caminho da humanização.

Exemplos: Entenda as valiosas contribuições do Espiritismo acerca da origem e evolução da alma dos animais; A lenta substituição dos instintos pelos impulsos inteligentes; As lutas do princípio inteligente para evoluir na animalidade e alcançar um dia a humanidade; A conquista da razão, do senso moral e do livre-arbítrio pelo princípio inteligente; As primeiras revelações detalhadas dos espíritos sobre a existência dos animais na vida no mundo espiritual; Pesquisa inusitada de Ernesto Bozzano sobre as manifestações, materializações e aparições das almas dos animais aos homens; As revelações detalhadas e surpreendentes feitas pelo espírito André Luiz a respeito da existência e do destino da alma dos animais; Ainda sobre a dor e o sofrimento dos animais.

Uma das virtudes do livro é demonstrar através de múltiplas revelações dos espíritos que a alma ou, mais corretamente, o princípio espiritual dos animais sobrevive à morte. Seguido a isso, essas mesmas revelações afirmam que lá no mundo espiritual, numa dimensão diferente, eles convivem com as almas dos humanos e colaboram com eles em algumas tarefas além de embelezar e alegrar o ambiente tal como ocorre aqui na Terra.

Isso porque em “O Livro dos Espíritos”, Allan Kardec fez constar que os animais reencarnariam quase que imediatamente porque, não tendo consciência, nada teriam a ganhar permanecendo mais tempo por lá. Mas, como sabemos, o próprio Codificador inúmeras vezes afirmou que o Espiritismo é uma doutrina progressista da qual havia sido dito a primeira palavra, mas não a última.

Então, aqui neste livro, o autor reuniu informações de várias fontes, de observações, testemunhos, relatos de outros livros que parecem não deixar dúvidas de que os animais não só sobrevivem à morte, mas, especialmente, os superiores como cães, gatos, cavalos, porém também, aves, peixes e até insetos como borboletas, demoram algum tempo antes de renascer por aqui.

Dentre essas fontes e autores podemos citar: o espírito da mãe do Reverendo G. Vale Owen, no livro “A vida além do véu”; Gabriel Delanne no livro “A evolução anímica”; Ernesto Bozzano em “A alma dos animais”; o espírito André Luiz nos livros “Nosso lar” e “Os mensageiros”, na psicografia de Chico Xavier; o espírito de Emmanuel em mais dois ou três livros; o espírito Patrícia em “Violetas na janela” e “Vivendo no mundo dos espíritos”; Yvone Pereira psicografando Camilo Castelo Branco em “Memórias de um suicida” e estudiosos como Charles Richet, Hodgson e vários médiuns famosos do século retrasado.

Portanto, caro leitor, se você gosta de animais, tem algum em sua casa ou respeita a fauna, a vida selvagem, ou se tem curiosidade sobre essas criaturas de Deus, esse livro pode lhe proporcionar uma ótima leitura.

Receba em casa a versão impressa do jornal Comunica Ação Espírita

Assine agora mesmo

ADE-PR © 2019 / Desenvolvido por Leandro Corso