ADE-PR: Associação de Divulgadores do Espiritismo do Paraná

Especial

Marca de nascença no menino Ian é evidência a favor da reencarnação. Assista o vídeo clicando aqui.

Jornal Comunica Ação Espírita | 84ª edição | 03 de 2011.

100ª participação da ADE-PR em programa de TV

            A marca histórica foi registrada no programa que foi ao ar no dia 29 de janeiro último. A primeira ocorreu no dia 26 de maio de 2001 quando o programa “Espiritismo na TV” ainda se denominava “O Evangelho Segundo o Espiritismo” e apenas três meses após este ter-se iniciado.

 

            Do formato inicial das entrevistas, mescladas às vezes por notícias da própria ADE-PR, passamos pelos debates e agora nos fixamos nas explanações de temas relevantes do cotidiano sob a ótica espírita, sempre oferecendo respostas abertas que ensejem novos questionamentos e despertem a curiosidade dos telespectadores para buscarem novas fontes de conhecimentos como a literatura e os próprios centros espíritas.

 

            No início a apresentação era de apenas cinco minutos mensais, depois teve a sua duração estendida para o dobro o que, aliás, consideramos muito pouco para tudo o que gostaríamos de transmitir. Por isso temos em andamento um projeto que tentará viabilizar a produção e veiculação de um programa próprio, exclusivo desta Associação, com tempo de 30 minutos semanais.

 

            Entendemos que só assim poderemos efetivamente dar vazão aos princípios comunicacionais como a nossa e consolidar sua presença no Movimento Espírita estadual.

 

            De qualquer forma, o realizado até aqui, nestes 100 programas, ainda que extremamente curtos e espaçados – um por mês – gratifica-nos. São inúmeras as manifestações de pessoas – muitas delas não espíritas - que inesperadamente nos abordam para comentar e enaltecer as qualidades das apresentações, principalmente pelo seu conteúdo dinâmico, atualizado e esclarecedor.

Receba em casa a versão impressa do jornal Comunica Ação Espírita

Assine agora mesmo

ADE-PR © 2021 / Desenvolvido por Leandro Corso