ADE-PR: Associação de Divulgadores do Espiritismo do Paraná

Especial

Marca de nascença no menino Ian é evidência a favor da reencarnação. Assista o vídeo clicando aqui.

Jornal Comunica Ação Espírita | 73ª edição | 05 de 2009.

Subsídios para a melhoria da imprensa - LIV

Por Y. Shimizu

Dentre os equívocos mais frequentemente constatados por ocasião da revisão de textos jornalísticos são aqueles relacionados com a regência verbal, principalmente quanto ao emprego das preposições. Sendo a regência verbal um dos capítulos que maiores dúvidas suscitam ao redigir um texto jornalístico, com elevado número de casos particulares e exceções, o signatário destes subsídios toma a liberdade de sugerir a aquisição de um dicionário de regência verbal, além de uma gramática normativa, consultando-os com frequência, a fim de evitar a ocorrência de equívocos elementares de teor gramatical.

Estão listados abaixo, alguns dos verbos mais utilizados, com regências diversificadas conforme o seu significado e o seu emprego preferencial no contexto jornalístico.

  • A: 1) abdicar: t.i. (renunciar a, desistir de); preposição: de (regência preferencial); Ex: ele abdicou do cargo. 2) agradar: t.d. (fazer carinhos, acariciar); t.i. (satisfazer); preposição: a; Ex: o livro agradou ao aniversariante. 3) agradecer: t.d. para coisa e t.i. para pessoa; preposição: a. Ex: ele agradeceu ao vendedor o desconto obtido. 4) aspirar: t.d. (sorver, inalar); t.i. (almejar, pretender); preposição: a. Ex: ele aspirava a esse cargo. 5) assistir: t.d. (prestar assistência); t.i. (estar presente, caber); preposição: a. Ex: o médico assistiu o acidentado; ele não assistiu ao espetáculo; preposição: a 6) avisar: t.d. de pessoa e t.i. de coisa; preposições: contra, de, para, sobre. Ex: avisou os parentes sobre a inundação.
  • B: 7) botar: t.d. e t.i. (pôr, colocar, depositar, enfiar, jogar) (o que) e (onde); preposições: em, sobre, sob, a; Ex: ele botou a ferramenta na mala.
  • C: 8) chamar: verbo com regências variadas; t.d. Ex: o chefe chamou o servente. 9) comunicar: t.d. para coisa e t.i. para pessoa; Ex: a vítima comunicou o furto ao policial. 10) contentar-se: t.i. (satisfazer, tornar contente); preposições: com, de, em; Ex: ele se contentou com o presente recebido. 11) continuar t.d. (prosseguir, ir adiante) e t.i. (permanecer, perseverar); preposições: a, em, com; (quando a palavra seguinte é um verbo no infinito, exige a preposição a; Ex: mesmo cansado, ele continua a cavar o solo. 12) contribuir: t.i. (colaborar, cooperar); preposições: com, para. Ex: ele contribuiu com R$ 20,00 para a campanha. 13) curar: t.d. (corrigir, corar) e t.i (tratar, cuidar); preposição: de; Ex: o médico curou a hepatite do meu filho.
  • D: 14) dar: t.d. para coisa e t.i. para pessoa (doar, conceder, ceder); preposição: a (evitar de empregar a preposição para); Ex: ele deu a bicicleta ao irmão. 15) deparar-se: t.d. e t.i. (aparecer, fazer achar); preposições: a, com; Ex: deparou-se com o urso no mato. 16) desagradar: t.i. (descontentar, contrariar); preposição: a; Ex: a notícia desagradou a seu irmão; quando pronominal, exige a preposição de; ex: ele se desagradou com a atitude de seu sogro.
  • Referências

    CEGALLA, Domingos P. Novíssima gramática da língua portuguesa. 40ª ed. São Paulo, Nacional, 1997.
    LUFT, Celso Pedro. Dicionário prático de regência verbal. São Paulo: Ática, 1987.
    MARTINS, Eduardo. Manual de redação e estilo. 3ª ed. São Paulo: OESP, 1997.
    SACCONI, Luiz. Nossa gramática: teoria. 11ª ed. São Paulo: Atual, 1990.

Receba em casa a versão impressa do jornal Comunica Ação Espírita

Assine agora mesmo

ADE-PR © 2019 / Desenvolvido por Leandro Corso