ADE-PR: Associação de Divulgadores do Espiritismo do Paraná

Especial

Marca de nascença no menino Ian é evidência a favor da reencarnação. Assista o vídeo clicando aqui.

Jornal Comunica Ação Espírita | 81ª edição | 09 de 2010.

ADE-PR publica artigos em jornais leigos

É muito conhecida a afirmação de Allan Kardec, incluída no final de “Obras Póstumas”, ao referir-se às vantagens de uma “publicidade” ou divulgação do Espiritismo “em grande escala, feita nos jornais de maior circulação”. Para o Codificador, esta iniciativa levaria “até os mais remotos rincões as ideias espíritas”, despertando nas pessoas o desejo de nelas se aprofundarem, o que provocaria a multiplicação de adeptos e imporia silêncio aos detratores.

No decorrer destes 15 anos da ADE-PR, a completar-se no dia 27 de outubro, e mesmo antes nos tempos da ABRAJEE - Associação Brasileira de Jornalistas e Escritores Espíritas -, sempre lutamos por espaços em jornais que pudessem veicular – dada a escassez recursos – gratuitamente, artigos espíritas. Melhor seria se o Movimento Espírita se empenhasse em adquirir estes espaços. Kardec pensava primeiro em ampliar a atuação da Revue Spirit que ele dirigia, aumentando a periodicidade dela, o número de assinantes e remunerando o seu redator. Mas certamente que se dispusesse de recursos iria além.

O tal espaço, às duras penas, conseguimos com a Gazeta do Povo, o jornal de maior tiragem no Estado, de abril de 1991 a dezembro de 1993. Depois com O Estado do Paraná, de janeiro de 2005 a setembro de 2006.

As portas dos grandes jornais, principalmente nas capitais, estão cada vez mais difíceis de serem abertas, a menos que alguém muito importante de dentro seja simpatizante ou alguém de fora tenha amigos na direção destes órgãos.

Resolvemos “partir para outra”. Estamos descobrindo um novo filão, oportunidades de aproximar a informação espírita dos interessados – e até dos indiferentes e opositores – através de jornais de bairros ou de cidades menores. Começamos pela Folha do Boqueirão, periódico quinzenal que circula na mesma região onde se localiza a sede da ADE-PR, na zona sul de Curitiba, onde estreamos no dia 13 de maio. Ali a frequência tem sido inconstante.

Mas depois vieram outros. O Jornal do Comércio Hauer, cuja periodicidade passou a ser semanal com aumento de tiragem para 40 mil exemplares, tem publicado nossos artigos em todas as edições, ocasionalmente até mais de um. Outra opção surgiu quando contatamos o diretor dos jornais Metrópole e Metrópole Curitiba, de São José dos Pinhais, um com circulação na capital e outro em toda a Região Metropolitana. Também lá, graças à qualidade dos artigos, os mesmos têm sido publicados semanalmente, em ambos.

A produção de textos tem que ser intensa e regular para atender tais demandas, porém, pretendemos ainda desbravar novas fronteiras, em outros jornais de bairros da capital e em cidades do interior. Mas esse é um trabalho que não precisa nem é possível de ser realizado só pela ADE-PR. Ficaríamos extremamente felizes se soubéssemos que em todos os municípios do Paraná, os jornais fossem procurados para uma proposta semelhante.

É tempo de semear. E talvez nem seja tão difícil assim. É preciso ousadia, oferecer nosso “produto”, mostrar-lhes as qualidades. Quanto não agradará a imenso número de leitores se deparar com as informações espíritas ali impressas e quantos novos leitores serão atraídos pelos nossos esclarecimentos a respeito da vida e da Vida depois da vida?

Se soubermos dosar estas informações, adequá-las ao público em geral e não-espírita, despertarmos seu interesse por abordagens claras e objetivas e, principalmente, que tratem de assuntos do cotidiano, o sucesso é garantido.

Portanto, mãos à obra! É tempo de semear. Espíritas, amai-vos e instruí-vos. E mexei-vos!

Receba em casa a versão impressa do jornal Comunica Ação Espírita

Assine agora mesmo

ADE-PR © 2019 / Desenvolvido por Leandro Corso