ADE-PR: Associação de Divulgadores do Espiritismo do Paraná

Especial

Marca de nascença no menino Ian é evidência a favor da reencarnação. Assista o vídeo clicando aqui.

Jornal Comunica Ação Espírita | 121ª edição | 08 de 2017.

Mais um pódio nada lisonjeiro para o brasileiro

Agora, um dado mais recente, extraído da mesma revista, mas de sua edição de 31/08/16. Gustavo Ioschpe, colunista do periódico, ao comentar o porquê de dois impeachments em menos de 25 anos no país escreveu: no índice de percepção da corrupção da Transparência Internacional, o Brasil fica em 76º lugar no ranking da seriedade, atrás de Botsuana, Ruanda, Gana e Mongólia. (*)

No teste da carteira perdida – continua ele – dois terços dos moradores do Rio de Janeiro (a experiência foi realizada somente lá e, talvez, se repetida em outras regiões, apresentasse resultados semelhantes ou até piores) embolsaram... há mais gente sucumbindo às tentações do que mantendo a retidão, e os sérios não fazem o suficiente para alterar o quadro.Contentam-se com a própria seriedade e deixam a punição dos safardanas à providência divina.

Lendo isso, especialmente o grifo nosso acima, impossível, não nos recordarmos da questão 932 de “O Livro dos Espíritos”: a influência dos maus frequentemente supera a dos bons porque enquanto os primeiros são intrigantes e audaciosos, os últimos são fracos e tímidos.

Inclusive no meio espírita, diríamos. A malemolência de seus profitentes beira à cumplicidade. Não querer apontar, se indispor, criticar; não julgar é a regra cristã inviolável. O mundo pode acabar. Que mal faz? Sobreviveremos. Se o fim não chegar, os séculos controlados pelo Criador resolverão os problemas. Basta, portanto, usar a tática do avestruz e cuidar apenas de salvar a própria pele. 

Óbvia e felizmente não se pode generalizar. Se há os que sabem perdoar, também os há, apesar da lista do Fachin, aqueles que não se corrompem. E até espíritas conscientes de sua responsabilidade como elemento transformador social.

(*) Pelos dados mais recentes (2016) o Brasil caiu para o 79º lugar e com as últimas revelações da “Lava Jato”, especialistas estimam que possa cair neste ano até para o 100º lugar (NR).

Receba em casa a versão impressa do jornal Comunica Ação Espírita

Assine agora mesmo

ADE-PR © 2017 / Desenvolvido por Leandro Corso